11 de setembro de 2013

Minhas impressões sobre a Alemanha

Depois de ter feito este post sobre a minha chegada na Alemanha e este aqui sobre minhas impressões dos lugares que conheci, agora faço o terceiro e último post sobre essa minha primeira viagem ao exterior.

Colônia, Alemanha - Montagem 360° feita pelo meu esposo

Vamos começar pelas coisas que mais me chamaram a atenção na Alemanha.

Fiquei impressionada com o tanto que os alemães fumam. E apesar da cidade ser muito limpa, em todo lugar há piolas de cigarro no chão. Beber por lá é muito normal, inclusive pela manhã (no meio da manhã, quero dizer). Eles comem muito, eu nunca dava conta dos pratos, e não gostei da comida, não achei bem temperada, faltava algo. Eles gostam muito de salsicha e batata frita. Achei o pão de lá meio duro. Mas amei os sorvetes! Quando você pede água, automaticamente eles trazem água com gás.

Eu não sabia que lá havia tantos turcos e muçulmanos, em Colônia havia muitos. O barman do hotel, que era de Moçambique, disse que lá eu seria confundida com uma turca, pois sou morena clara, de cabelos e olhos escuros. Segundo ele, os turcos não são muito bem vistos na Alemanha... Isso me deixou ainda mais intimidada. Quando eu dizia que era brasileira, as pessoas sorriam e pareciam gostar, algumas ficavam surpresas.

Pelo menos em Colônia, achei que as mulheres se vestem mal - para o meu gosto, claro. Elas gostam de tudo colorido, e misturam estampas de flores com listras, é uma onda! rs... A tendência delas é uma sobreposição sem o menor senso de combinação, rs... Não é exatamente uma crítica, é que eu imagina que lá as pessoas usavam cores sóbrias e andavam elegantes - pura imaginação minha, acho que veio dos filmes. Também percebi que as alemãs adoram rímel, nossa, são várias e várias camadas. Se os alemães cheiram mal? Olha, nos dias de frio não, mas nos dias de calor, você chega a sentir um "cc" aqui e outro ali, rs... Mas nada assim tão horrível.

Quando você pergunta a um alemão se ele fala inglês, e ele responde "a little bit", isso pode dizer que ele fala muuuito ou nada. Quanto a língua deles, tenho certa antipatia, não gostei da sonoridade, pra mim soa como uma mistura de inglês + francês. Eu adoro idiomas, mas o alemão não me atraiu, em nada.

Como mencionei em posts anteriores, eles andam bastante de bicicleta. Percebi que os idosos têm muita qualidade de vida, é fácil ver velhinhos que aparentam ter 65, 70 anos se locomovendo em suas bicicletas. Acho que os idosos conseguem desfrutar muito bem da sua velhice por lá.

Apesar de comerem muito, não vi muitos obesos na Alemanha, acho que é porque são pouco sedentários no dia a dia. Andam de bicicleta, levam seus cachorros para passear, andam muito a pé, etc. Acho que isto contribui muito para manterem a forma.

Também me impressionou o fato de nas lavanderias de rua - digamos assim - as pessoas deixam suas roupas nas máquinas, vão embora, e ninguém rouba! Lá existem mendigos sim, mas beeeem menos que aqui. O trânsito, impecável, sem comentários. Não vi um só buraco na Autobahn (estrada).

Ah, não gostei do fato de eles não fazerem muito uso do guardanapo, pegam no dinheiro e pegam no sorvete. Mas estão de parabéns por não fazerem uso excessivo de sacolas plásticas.

Também não sabia que algumas placas foram colocadas na frente das casas onde residiam judeus que foram levados para campos de concentração durante a Segunda Guerra. Como estas:

Neste caso, Auschwitz (Clique para ampliar)

Minha impressão sobre o povo alemão foi a seguinte: São educados, porém muito impacientes. Se você for comprar algo, não demore pra pedir, pra escolher, pra pagar, eles não têm paciência nem fazem questão de disfarçar isto. São legais até você começar a se enrolar, e até com turistas eles são assim. São simpáticos, mas não são afetuosos, porém, entre eles, parecem ser, conversam e riem muito. São metódicos e cheios de regras pra tudo, algumas vezes, são rigorosos até demais.

Bom, acho que falei o principal. Estas foram apenas as minhas impressões, o que eu consegui concluí em cinco semanas de viagem.

Beijos e obrigada por virem aqui. :)

4 comentários:

  1. Legal ler suas impressões e "viver" sua vivência através do seu relato...me faz ter a sensação de que fui lá também...rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc gostou! Volte sempre que quiser! :) Bjs!

      Excluir
  2. Lis, gostei das suas impressões, só achei graça sobre como eles se vestem, pois foi exatamente isso que mais me chamou a atenção. Elas e eles não estão nem aí com a moda, não querem estar incluídos na multidão de todos iguais e se expressam com as roupas, amei os estilos de alguns que vi e principalmente no fato os homens não terem medo de cores e estampas em seus cachecóis. Para mim isso é ser chic.
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade, Jussara, os homens não têm medo das cores, vi mtas meias coloridas até metade da perna! rs.. Bjs! Obg pela visita e pelo comentário! ;)

      Excluir

Obrigada por compartilhar a sua opinião. Marque a opção "notifique-me" para ser avisado(a) quando o seu comentário for respondido. Beijos!