7 de maio de 2011

Vai pra China!?

Então gente, por onde começo esse post? São mais de duas da manhã e eu perdi o sono pesando em ir pra China. Calma, deixa eu explicar.

Há pouco mais de 1 mês um colega de trabalho do meu noivo foi trabalhar na China, e passou o contato do RH de uma empresa que meio que terceiriza pessoal para várias outras empresas em diversos países do mundo, inclusive pro Brasil.

Antes de qualquer coisa, preciso adiantar que nem eu nem o meu noivo vamos para China, pelo menos por enquanto. Mas então, nós dois sempre sonhamos em morar fora do Brasil, sempre foram só planos, pois pensávamos que agora não seria o momento, daqui uns 2 ou 3 anos talvez. Porém, neste dia em que ele chegou me contando sobre esse colega que tinha ido pra China, resolvemos não mais esperar pelo tal "momento certo" e deixar tudo por conta do destino, foi aí que ele encaminhou o currículo dele para esta empresa. Vale dizer que eu coloquei maior pilha pra ele fazer isso.

E não é que hoje entraram em contato com ele sobre várias oportunidades fora do Brasil? Os países são: Inglaterra, Alemanha, China e Turquia. Pediram para ele alterar algumas coisas no currículo e encaminhar. Ai gente... Quando a coisa começa a dar indícios de que pode acontecer, bate o medo, a dúvida, a incerteza... Não sei mais, não sei se agora é a hora. Não sei mais nada. Como assim? Posso ir morar na China ou na Turquia? Eu tô louca?? A Inglaterra me parece a opção menos... digamos, menos assustadora. Mas mesmo assim, o que farei eu na Inglaterra? Meu inglês não é lá essas coisas. Então, eu poderia aprender inglês, não é mesmo?

Eu fico naquele misto de "eu vou" e "eu não vou". Agora que acabamos de nos mudar, o que vou fazer com todas as coisas que acabei de comprar? Vender? E todo o dinheiro que gastei pensando que iria começar uma vida aqui foi em vão? E o meu armário de cozinha que acabou de ser colocado na parede? E a louça e as panelas que acabei de comprar hoje pela internet que chegarão em 30 dias? E o meu curso? Será que nada disso importa? Devo me desfazer de tudo e simplesmente ir?

Vocês podem pensar, calma aí... Não tem nada certo ainda. Sim, eu sei, mas o danadinho do meu noivo tem um currículo bom e ele é desenrolado, é muito capaz de conseguir alguma coisa. Só não sei se a pessoa que vos escreve está preparada para tanto. Só faz 3 meses que cheguei aqui. Eu tava "me achando" mesmo quando disse: "Sim amor, vamos para China!" Será que a minha terapeuta me libera? :)

Gente, e agora? Eu coloquei maior pilha pra ele mandar, e agora não posso dizer: "Manda não." Mas nem sei se eu quero que ele mande ou não mande, não sei mais nada.

O que faço?? Alguém tem alguma ideia?

Só não me digam: "Ah Lis, você é louca menina! Hora quer, hora não quer. Vai pra China!" ;)

Beijos!

6 comentários:

  1. Lis, insegurança bate mesmo, mas vou te falar... a hora é agora sim, vocês ainda não tem filhos... quando os filhos nascem as raízes com ambas famílias crescem e te deixaria com mais dúvidas ainda. Falo isso por experiência própria, meu marido tb teve uma proposta para morar fora do Brasil e não o fizemos por vários motivos, mas o principal foi pela nossa filhota que morreria de saudades de todos por aqui... palavras dela.

    Pense no futuro, no progresso dos dois... beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Lis,
    vai pra China! Oportunidade não se perde e você só tem a ganhar, insegurança todo mundo tem. Eu acho que construir uma história só de vocês é maravilhoso, coisas materiais, são só isso materiais. Depois se adquire.
    Vou te apresentar duas mulheres que seguiram seus maridos, link abaixo
    http://chinanaminhavida.zip.net/
    e
    http://umaesposaexpatriada.blogspot.com/

    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  3. Oi, estava visitando o blog da jussara e do nada comecei ler a lista visitas dela. E aí vi seu blog. Como estava escrito vou para China, jáme identifiquei...rs
    E para meu espanto, chego aqui para comentar e vejo que a Jussara já me indicou para vc...hehehehe
    Bom, vai lá... leia um pouco, mas começa indo ao histórico e lendo os 3 primeiros posts que mostra como cheguei aqui.
    Depois fique à vontade para me mandar e-mails e perguntar o que quiser...
    Mas para acalamr sua ansieddade: amo viver aqui... não que às vezes não me desespere... mas a vida é assim. essa suas duvidas depois que a coisa vai tomando forma e deixando de ser um devaneio é mais do que normal (na realidade se vc não tivesse essa reação é que deveria se preocupar...rs).
    Outra coisa: a comunidade brasileira aqui é enorme. E está cheio de jovens casais vindo para cá atrás das oportunidades que o Brasil não está lhes dando (mas isso vc só vai entender depois que sair do país).
    Vai lá!
    Espero seu e-mail...hehehehe
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Dúvidas são sempre cruéis. Mas oportunidades são ocasionais...por isso se pintar, aproveita e vai, se não gostar ou não der certo vc volta. A gente na vida só não pode se arrepender de não tentar. Esse era um dos nossos sonhos, mas depois de 7 anos nos preparando eu engravidei...adiei os planos e atualmente vivo feito cigana acompanhando o marido pelo Brasil, mas se aparecer oportunidade lá fora...vou também. Não posso é ficar parada, a vida passa muito rápido e bens materiais a gente consegue depois.
    Bora, menina arrumar as trouxas para ir para Inglaterra, Turquia, ou China. O importante é estar junto e feliz.
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Lis,
    sou meio suspeita pra falar, porque eu AMO morar fora...
    Arruma as malas, mulher! Vai conhecer o mundo! Se a oportunidade se concretizar mesmo, nao deixe passar! Pode ser que nunca mais vocês tenham uma chance dessas, ou que tenham a chance, mas outras coisas impeçam vocês...
    Aproveita que vocês não têm raízes, não têm filhos, são jovens... se joga, menina! O pior que pode acontecer é você nao gostar e voltar pra vida que você já tem hoje!
    beijinhos, e boa sorte!!

    ResponderExcluir
  6. Vá. Pra China ou pra qualquer outro lugar onde vc possa aprender sobre uma nova cultura, uma língua diferente. Aproveite as oportunidades que se abrirem. Vivência e aprendizado ninguém te tira. O que é material você reconquista depois. Boa sorte! ;-)

    ResponderExcluir

Obrigada por compartilhar a sua opinião. Marque a opção "notifique-me" para ser avisado(a) quando o seu comentário for respondido. Beijos!