23 de fevereiro de 2011

Meu reino por uma companhia

Quando eu criei o blog não tinha a intenção de que ele se tornasse algo tão pessoal, mas como ele é apenas um lugar para ser... O que quiser, eis-me aqui dividindo meus momentos.

Sobre o que sinto vontade de escrever aqui é de uma pequena e nova descoberta. Não tenho muita certeza, mas acho que não gosto de ficar muito tempo sozinha. Não sei se alguém gosta, mas eu estou achando isso realmente chato. Sempre fui uma pessoa muito reservada. Gostava de ter amigos, ir à escola, a universidade, mas no fins de semana eu gostava de ficar em casa, pelo menos um pouco. Algumas tardes eu queria só pra mim. Então sempre me imaginei morando sozinha um dia e tendo uma vida altamente independente. É engraçado a imagem que a gente cria quando criança da nossa versão adulta. E olha eu aqui. Vejo tantas coisas ainda daquela menina em mim... Mas voltando ao que eu estava falando, ficar sozinha o dia todo é chato. Quando acordo, meu noivo já foi trabalhar e só chegará 12 horas depois.

Muitas vezes quando eu chegava em casa, na qual eu morava com mais quatro pessoas, eu torcia pra não ter ninguém em casa, pra eu poder ficar bem a vontade, pensar alto, tirar a roupa... E aqui estou numa situação extremamente oposta, contando os minutos pra o meu noivo chegar e eu poder falar, falar... Sou reservada, mas gosto de contato.

O que eu gosto de fazer? Gosto de caminhar, ir à praia, andar de bicicleta, ir ao cinema, teatro, jogar boliche... Gosto de fazer coisas com as pessoas, além de adorar conversar. Pra mim dar uma caminhada batendo papo é um programão!

E o que eu não gosto de fazer? Sair pra comer. É, acreditem, este é um dos programas menos empolgantes pra mim. Por quê? Porque como pouquinho, sou assim mesmo, sempre fui. Comi, e já quero ir fazer outra coisa. E adivinhem o programa preferido dos casais amigos do meu noivo? Sair pra comer. Eu fico toda "desencaixada." Além do que, não me divirto muito. Mas onde vou achar pessoas que gostem de fazer o mesmo que eu? Não posso apelar para os anúncios de jornal... Hahaha... Brincadeira!

Eu sei que quando começar a trabalhar e estudar as coisas vão melhorar. Enviei alguns currículos, mas ainda não obtive resposta. Não passei na seleção do mestrado, o que me deixou um pouco chateada. Enfim... Nem escrevo em busca de soluções, escrevo apenas para desabafar um pouco. Sei que no tempo certo as coisas vão surgir, e que no momento devo me esforçar pra ter paciência e não desanimar.

5 comentários:

  1. querida,
    Tirando o "sair pra comer", que eu particularmente ADORO, voce tem muita coisa parecida comigo!
    Posso lhe dizer que passei uns bons 2 anos me acostumando com esse "tempo extra" que eu tinha pra ficar comigo mesma... e, acredite, eu me acostumei!
    Voce vai se acostumar, sim! E quando estiver trabalhando, ou estudando, novas amizades vao surgir, e essa fase de solidao vai ser passado!
    Conselho: nao deixe de fazer NADA que voce tem vontade apenas por falta de companhia. Va sozinha mesmo! Muito pior do que dar uma volta na praia sozinha eh ficar em casa sozinha e se sentindo isolada do mundo... neh nao??
    bjosss

    ResponderExcluir
  2. Oi querida!
    Sabe uma coisa engraçadinha que já observei aqui quando leio seus textos?
    Que, ao mesmo tempo que você faz indagações, logo em seguida dá as respostas a si mesma! rs
    Muito lindinho isso.

    Claro que é só uma fase querida.
    Aquela fase chatinha de ficar em casa sem nada muito interessante para fazer.
    Sempre fui adepta àquela velha e boa frase: o ser humano é um eterno insatisfeito. Se estamos trabalhando, queremos nossa casa o mais rápido possível. Se ficamos em casa com tempo de sobra, queremos trabalhar ou sair dela. rs

    Também tem o lance do exagero.
    Tudo que é demais enjoa.
    Ficar em casa muuuito tempo enjoa.
    Tomar o sorvete do mesmo sabor durante muito tempo empapuça.
    Usar a mesma roupa sempre enjoa.
    Então, seus sentimentos são absolutamente normais.

    Fez bem em compartilhar isso com a gente.

    Bjsssss

    ResponderExcluir
  3. Guria, adorei teu blog! me encontrei por aqui, kkkkkkkkkk, algumas coisas parece eu falando!!!!

    to seguindooo!

    bjoka

    ResponderExcluir
  4. Ola, mudança traz sempre adaptação, logo melhora. Vôcê conhece a Adelaide do Blog Eu sei...vou contar..? Ela acabou de mudar para uma outra cidade, e já mudou algumas vezes, me lembrei desse post dela

    http://euseivoucontar.blogspot.com/2011/02/ha-vida-depois-da-mudanca.html

    após ler o seu. Vale a pena! Aliás ale a pena conhecer o blog dela.
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  5. Tudo tem que ter um equilíbrio... Ficar sozinha muito tempo é ruim, ficar junto com outras pessoas, sem ter um espaço pra si mesma, tb é ruim rsrs

    Como vc disse, é uma fase. Logo vc estará trabalhando e estudando.

    Boa sorte!

    Bjos

    ResponderExcluir

Obrigada por compartilhar a sua opinião. Marque a opção "notifique-me" para ser avisado(a) quando o seu comentário for respondido. Beijos!